Hospital Santa Virginia - Institucional - Notícias



O que é artrose? Veja e saiba como se prevenir

Dra. Elaine Nespoli, reumatologista do HSV, esclarece as principais dúvidas sobre a doença articular degenerativa

O nome dela é “artrose”, mas também pode ser chamada de osteoartrite. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 15 milhões de brasileiros sofrem com a doença. “A artrose é o desgaste da cartilagem de uma articulação dos ossos. Pode ocorrer nos dedos das mãos e pés, joelhos, quadris e nas vértebras da coluna”, explica a Dra. Elaine Nespoli, reumatologista do Hospital Santa Virgínia (HSV). Leia abaixo e saiba os principais fatores de risco, sintomas e prevenção.

A artrose tem prevalência em pessoas com mais de 50 anos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% da população mundial com mais de 65 anos tem osteoartrite. “Apesar de ser um desgaste natural e acometer os mais velhos, a doença pode atingir pacientes de qualquer idade, como consequência de uma doença reumática, por exemplo, artrite reumatoide, espondilite, entre outras”, esclarece a especialista.

Sintomas - Os principais sinais são: dores e inchaços articulares, além da dor protocinética (incômodo ao iniciar os movimentos, que alivia depois que aquece o corpo).

Fatores de risco/Causas - Hereditariedade; Obesidade; Excesso de impacto nas articulações.

Doutora, tem como prevenir a artrose? “Os principais cuidados da doença articular degenerativa são: reverter a obesidade, optar por atividades físicas que não tenham impacto articular, como pilates, exercícios na água, musculação (com orientação profissional), além de observar casos familiares”, relata a reumatologista.

O diagnóstico é realizado pela análise médica, juntamente com exames físicos e de imagens (Raios-x, Tomografia e Ressonância Magnética).

Tratamento - A artrose não tem cura, portanto, o tratamento é sintomático. “Não há como recuperar uma cartilagem gasta, mas, sim, lubrificá-la ou minimizar a dor”, afirmou a Dra. Elaine Nespoli. Em caso de osteoartrite avançada (quando impede o paciente de se locomover), é indicado prótese articular.

Consulte sempre um médico especialista e evite a automedicação.

O Hospital Santa Virgínia possui um Ambulatório de Especialidades, com atendimento em Reumatologia, Geriatria, Ortopedia, Nutrição, Ginecologia, entre outros. Também dispõe de um Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI), que realiza os principais exames como Densitometria Óssea, Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada e Ultrassonografia. O serviço especializado conta com profissionais experientes e infraestrutura de alta tecnologia para diferentes procedimentos.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Hospital Santa Virgínia | Publicado em: 14/2/2020

 Imprensa  Centenário  Contato
Av. Celso Garcia, 2.294 - Belenzinho - SP
Hospital Santa Virgínia © 2018