Mensagem da Congregação

Estou muito honrada em participar deste momento tão especial, pois comemorar 100 anos de existência é um acontecimento que poucas instituições tiveram ou terão o privilégio de alcançar, apenas aquelas que trilharam o caminho da sabedoria é que podem se vangloriar disso.

Agradeço imensamente a Deus que proporcionou coragem e determinação a dois corajosos, Dr. Carlo Brunetti e Salvatori Battaglia, que começaram a sonhar, mas, também agradeço imensamente as primeiras Irmãs que deixaram a Itália, em 1935, e se aventuraram em solo brasileiro.

Neste dia em que celebramos o centenário de existência deste renomado hospital, agradeço a todos, homenageados e aqueles que nesta cerimônia não foram citados, mas que também são homenageados, como disse a Irmã Maria Eni, pois são pessoas que colaboraram com esta história.

Agradeço a todos que trilharam este caminho conosco, nos bons e nos maus momentos, na prosperidade e na dificuldade, que tenho certeza de que não faltaram... Sabemos que nada, absolutamente nada se constrói sozinho, senão em parceria, em conjunto com o próximo, com sinergia e espírito coletivo.

Hoje, na condição de representante de todas as Irmãs da Congregação, agradeço as Irmãs que me antecederam como presidente da mantenedora deste hospital, de modo especial as que aqui se fazem presentes: Irmã Maria Rosina, Irmã Maria Verônica e Irmã Maria Laura.

Quero registrar o meu mais profundo agradecimento às atuais diretoras deste hospital: Irmã Maria de Fátima e Irmã Maria Eni. Agradeço-as pela determinação, garra, competência e profissionalismo. Graças ao comprometimento das senhoras, podemos contemplar em todo o ambiente hospitalar as marcas visíveis do carisma de nossa amada fundadora, Santa Virgínia Bracelli. As senhoras conseguiram envolver todos os colaboradores, médicos e equipes nesta bela missão de oferecer serviços de saúde com excelência, atendimento humanizado e altamente especializado. 

Irmã Maria Adnilva Pereira Matos