Hospital Santa Virgínia celebra seu centenário

O dia 22 de julho entrará para a história do Hospital Santa Virgínia. Nesta data, foram realizadas uma belíssima cerimônia e uma missa emocionante para celebrar o centenário da instituição.

Promovido na área externa do HSV, o evento comemorativo contou com a presença de profissionais do corpo clínico, colaboradores e das Irmãs da Congregação das Filhas de Nossa Senhora do Monte Calvário, entidade mantenedora do hospital.

A Irmã Maria de Fátima, presidente e diretora-financeira, iniciou a cerimônia destacando a dedicação de todos os profissionais, recordando a longa trajetória da instituição desde 1916. Também fez uma oração para agradecer a Providência Divina por ter ajudado as equipes a levar cuidados médicos, atenção e misericórdia a milhares de pacientes.

A Irmã Maria Eni, vice-presidente e diretora-administrativa, destacou o legado deixado pelas 15 primeiras Irmãs da Congregação, que vieram da Itália para atuar no então Hospital de Caridade do Braz. “Elas mantiveram com coragem o trabalho, iniciado pelo fundador Dr. Carlo Brunetti, de cuidar dos mais necessitados, oferecendo tratamento médico e conforto espiritual”. 

Em seguida, Tatiana Motta, coordenadora do Departamento de Marketing, deu início à entrega de uma singela homenagem aos profissionais com mais de 25 anos de prestação de serviços no hospital. Além de um troféu, os homenageados subiram ao palco para receber o livro Hospital Santa Virgínia: 100 de compromisso com a Vida, que conta a história do HSV.

A Reverenda Madre Maria Adnilva Pereira Matos recebeu a homenagem das mãos da Irmã Maria de Fátima em reconhecimento da importância da Congregação para o hospital. A família Brunetti, representada pelos doutores Carlos Brunetti e Ricardo Brunetti, netos do fundador, também foi homenageada.

Em seu discurso, o Dr. Antônio Carlos Micelli, cardiologista e diretor clínico do HSV, agradeceu a homenagem e destacou a forma harmoniosa que a tradição e a modernidade se fundem no HSV.

No encerramento da cerimônia, a Reverenda Madre Maria Adnilva Pereira Matos declarou que estava muito honrada em participar de um momento tão especial para o hospital Clique aqui e leia a matéria na íntegra