A endoscopia no HSV

O serviço de endoscopia, estruturado adequadamente, é relativamente recente no Hospital Santa Virgínia. Em 2003, o serviço foi oficialmente inaugurado com instalações físicas e equipamentos próprios para realizar procedimentos diagnósticos e terapêuticos na especialidade de Endoscopia Digestiva Alta e Baixa.

Tais exames colaboram nos diagnósticos de lesões malignas e benignas para o tratamento precoce e adequado das doenças do aparelho digestivo.

Mas, a rigor, esses exames já eram feitos no hospital desde a década de 80, quando o Dr. Tadayoshi Akiba e o Dr. Pericles Barbato, a convite do Dr. Luiz Brunetti, iniciaram o atendimento na especialidade de Endoscopia Digestiva no então Hospital São José do Brás. Eles atendiam, inicialmente, duas vezes por semana, com seu próprio equipamento, os pacientes internados que necessitavam de exames de endoscopia no centro cirúrgico.

Com a demanda crescente, foi disponibilizado em 1993 um espaço específico no Pronto Socorro para os procedimentos de endoscopia digestiva alta e colonoscopia (com o Dr. Carlos Brunetti Netto – filho do Dr. Luiz Brunetti e neto do fundador do HSV, Carlo Brunetti).

A princípio, duas salas eram usadas: uma para a realização do procedimento e outra para a recuperação dos pacientes. Logo, a demanda aumentou ainda mais e a equipe do Dr. Tadayoshi passou a utilizar outras salas no primeiro andar, ao lado da UTI, até que em 2003 foi inaugurado o Serviço de Endoscopia planejado e equipado para melhor atender às necessidades dos pacientes e acompanhantes.

Atualmente, o Serviço de Endoscopia do Hospital Santa Virgínia está preparado para realizar os seguintes procedimentos: esofagoscopia; esofagogastroduodenoscopia; colangiografia endoscópica; polipectomias; papilotomias; colocação de próteses esofágicas; colocação de prótese biliar; colonoscopia; mucosectomia; dilatações de esôfago, vias biliares e cólon, etc.